Treinamento Funcional e CrossFit- quais as diferenças entre eles?

Conhecer as diferenças entre o treino funcional e o CrossFit pode ajudá-lo a tomar a decisão certa na hora de escolher o seu tipo de treino.

Você já deve ter ouvido falar sobre Treinamento Funcional e CrossFit. Alguns dizem que são a mesma coisa, enquanto outros insistem que os dois são completamente diferentes. Qual das duas opiniões está mais próxima da verdade?

Esses dois métodos de treinamento estão mais intimamente relacionados do que você imagina. Isso decorre do fato de que ambos os métodos de treinamento são baseados em trabalhar o corpo como um todo, e não dividi-lo em seções para trabalhar separadamente, como no treinamento tradicional de academia (musculação).

Para saber mais sobre as diferenças entre esses dois métodos, convidamos você a continuar lendo esse artigo. Abaixo, mostraremos o que cada método envolve e quais são as principais diferenças.

 

O que é Treinamento Funcional?

O treino funcional baseia-se na melhoria de todas as capacidades físicas que compõem o condicionamento físico baseando-se nos movimentos generalistas naturais da espécie humana. Nesse sentido, os exercícios não se concentram em um grupo muscular por vez, mas na sinergia entre diversos músculos e cadeias cinéticas dos movimentos naturais. Envolve também o fortalecimento das articulações e tendões que, juntamente com os músculos, formam todo o sistema músculo-esquelético.

No Treinamento Funcional o fortalecimento se dá do centro (músculos do core) para a periferia (músculos dos membros), respeitando a premissa de que todo o esforço físico tem seu centro de força, sustentação e apoio no tronco, mais especificamente na coluna vertebral.

Trabalhar em todas essas áreas ao mesmo tempo contribui para melhorar a forma física global do praticante. A ideia é desenvolver o condicionamento físico para se obter o melhor desempenho e segurança nas atividades do dia a dia, sejam elas laborais, esportivas, de lazer ou cuidados com a casa e a família.

Dessa maneira, o Treinamento Funcional representa à prática do princípio da especificidade, que é um dos fundamentos do treinamento esportivo. Por isso os exercícios funcionais já eram utilizados por treinadores de todo o mundo antes mesmo da criação do método propriamente dito, por meio de exercícios relacionados aos gestos esportivos de cada modalidade. É possível ir além e afirmar que os exercícios funcionais remontam à pré-história na medida em que nossos ancestrais já buscavam treinar e melhorar suas habilidades de sobrevivência como a caça e a pesca por exemplo. Contudo, da forma como o conhecemos hoje, o Treinamento Funcional começou como uma opção para ajudar a reabilitar pessoas que sofreram lesões, seja por meio de esportes ou de um acidente. Com o tempo, evoluiu para um método de treinamento físico/esportivo mundialmente reconhecido utilizado tanto para melhorar o desempenho atlético em um determinado esporte como para o aprimoramento da aptidão física para a vida diária.

Qualquer pessoa pode fazer treinamento funcional. Obviamente, a intensidade dos exercícios dependerá do seu nível de condicionamento físico inicial e do patamar que você deseja alcançar.

 

O que é CrossFit?

 

Por outro lado, você encontrará o CrossFit. Um método de treinamento criado originalmente para fortalecer o pessoal das Forças Armadas dos Estados Unidos, bem como bombeiros e policiais. Esse é um dos motivos que fazem desse método de treinamento físico muito mais exigente fisicamente do que muitos outros tipos de treinamento.

CrossFit é um registro de fitness de marca criado por um ex-ginasta chamado Greg Glassman. Os profissionais de Educação Física que desejam ensinar este método de treinamento devem ser licenciados para atender nos boxes de CrossFit (assim são chamados os centros de treinamento dessa modalidade).

Muitos dos exercícios de CrossFit são baseados no treinamento funcional, levando em consideração o fato de que são projetados para exercitar grandes porções do corpo de uma só vez. No entanto, a intensidade dos exercícios é, na maioria das vezes, muito maior. O CrossFit também inclui aspectos de outros esportes como levantamento de peso olímpico e movimentos da ginástica artística.

Nesse modelo de treino o praticante deve realizar o WOD (workout of the day), que, traduzindo, significa “treino do dia”, uma sessão de treinamento que deverá ser executado pelos praticantes, com a maior carga e no menor tempo possível.

Esta marca destaca-se não apenas como método de treino, mas também como uma espécie de esporte do fitness, tendo competições próprias. Os campeões são considerados as pessoas com os melhores condicionamento físico do mundo. Apesar disso, o CrossFit não é tecnicamente considerado um desporto.

 

Diferenças entre treino funcional e CrossFit

Bem, vimos algumas das semelhanças. Agora vamos ver claramente as diferenças que existem entre esses dois métodos de treinamento. Com base no exposto, mostraremos as diferenças mais importantes a serem consideradas na hora de escolher uma modalidade ou outra.

O CrossFit é baseado no treinamento funcional, mas possui exercícios de intensidade muito maior.

O Treinamento Funcional pode incluir diferentes níveis de intensidade, sendo mais gradual do que o CrossFit.

As rotinas de CrossFit incluem levantamento de peso olímpico e exercícios de ginástica artística.

A reabilitação de lesões foi uma das principais ideias quando o treinamento funcional foi desenvolvido.
A qualidade nas execuções dos movimentos e o desenvolvimento do controle e consciência corporais são premissas fundamentais do Treinamento Funcional

No CrossFit, as capacidades físicas e a idade de uma pessoa podem ser um fator limitante; nem todos podem ou devem fazê-lo.

O Treinamento Funcional não discrimina. A idade ou as capacidades físicas não são uma restrição, pois você pode variar a intensidade e a sobrecarga.

O CrossFit se concentra no maior aprimoramento físico e progresso pessoal possível.

Melhorar a aptidão física para algum esporte ou esforço na vida diária é o principal objetivo do Treinamento Funcional.

 

Prós e contras do Treinamento Funcional e CrossFit

Como vimos, existem várias diferenças importantes entre esses dois métodos de treinamento. Cada um também tem certas vantagens e desvantagens. É necessário conhecê-las também quando você está analisando qual deles praticar.

Treinamento Funcional

Contribui para melhorar a técnica do exercício, prevenindo lesões e auxiliando nas demandas e esforços físicos da vida diária. Por exemplo, levantar caixas, mover objetos pesados, compensar posturas estáticas relacionadas ao trabalho, etc. Além disso, sua condição física melhorará gradualmente à medida que você progride.

Apesar dessas vantagens, se você estiver procurando por um regime de exercícios que enfatize a construção muscular em um curto período de tempo, o Treinamento Funcional não fornecerá o que você procura. Contudo é possível grandes ganhos de massa muscular com esse método de treinamento quando direcionado para tal finalidade.

CrossFit

Por ser um método de treinamento chamativo e de alto desempenho físico, isso pode ajudar na motivação de seus participantes. Também promove a rápida melhoria pessoal das capacidades físicas.

A grande desvantagem do CrossFit se inclina para quem não está acostumado a níveis extremamente altos de treinamento e intensidade nos exercícios, gerando uma maior probabilidade de se machucar. Contudo outras práticas físico-esportivas como o futebol e o futsal apresentam um índice de lesão maior do que o CrossFit. E, claro, como mencionamos acima, não é adequado para todas as idades e níveis de condicionamento físico.

 

Qual deles você vai escolher?

Não importa qual método de treinamento você decida, o mais importante é superar o sedentarismo tendo em vista que toda atividade física ou método de treinamento físico traz inúmeros benefícios à saúde. Contudo é sempre necessário procurar um profissional de Educação Física para avaliar, planejar, orientar e acompanhar a sua prática. Quando você decidir sobre uma opção, não hesite; consistência irá ajudá-lo a atingir seus objetivos!

O Studio Carpe Diem é um centro de Treinamento Funcional localizado na cidade de Londrina desde 2009. Por aqui já atendemos milhares de pessoas e, caso você queira praticar o treinamento funcional, estamos te aguardando para oferecer treinos de altíssima qualidade e revolucionar a sua qualidade de vida. Agende agora mesmo a sua aula experimental e venha você também para o Studio Carpe Diem!

Blog

Existe uma maneira certa de correr?

Olá caros (as) leitores (as)! Como treinador responsável pela equipe Carpe Diem de Londrina, venho estudando a biomecânica da corrida há mais de 12 anos

× Chat WhatsApp